Tamanho do texto

Estudos recentes contradizem antigas teorias e pesquisadores agora defendem que a ordem dos exercícios é irrelevante

Muitos frequentadores de academia dedicados já ouviram que exercícios aeróbicos e exercícios de resistência não devem ser combinados numa malhação, ou, se forem, que um tipo sempre deve vir em primeiro lugar.

A teoria por trás dessas afirmações é que cada forma de exercício interfere fisiologicamente com a outra, podendo neutralizar os efeitos desejados do treino.

Mas novos dados disponíveis mostram o contrário. Num estudo publicado em março na revista The Journal of Applied Physiology , voluntários jovens e saudáveis pedalaram vigorosamente em uma bicicleta ergométrica usando uma perna e em seguida realizaram exercícios de resistência com as duas, isto é, um dos membros fez os dois tipos de exercício; o outro apenas levantou peso. Após cinco semanas, as duas pernas estavam igualmente maiores e mais fortes. Pedalar primeiro não havia reduzido os efeitos do treino com pesos.

Veja também:  10 alimentos aliados do exercício físico

De maneira similar, um estudo de 2012 com homens sedentários de meia-idade descobriu que eles desenvolveram mudanças moleculares específicas nos músculos das pernas após o uso da bicicleta ergométrica – e essas mudanças eram diferentes daquelas que ocorriam com treinos com pesos na parte inferior do corpo.

Mas quando realizaram os dois tipos de exercício, um após o outro (fazendo metade do treino com cada um), desenvolveram robustamente os dois tipos de respostas moleculares.

"Não vimos qualquer indicação de interferência", afirmou Stuart Phillips, professor de cinesiologia da Universidade McMaster em Hamilton, em Ontário, que supervisionou o estudo.

Talvez o mais revelador seja que, nesses estudos, a ordem dos exercícios foi irrelevante. No estudo de 2014, os homens pedalaram e depois levantaram pesos; no estudo de Phillips, eles levantaram pesos e depois pedalaram. Ao que parece, os músculos "não percebem a diferença", argumentou Phillips.

Sendo assim, não se preocupe muito com a ordem de seus treinos. "Simplesmente monte um esquema de malhação que seja conveniente para você", disse Phillips.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.