Tamanho do texto

O voo não tinha nenhum dos passageiros supostamente adoecidos com passagem recente pela África

Polícia isola casa em Dallas onde vive funcionário de hospital infectado por ebola
AP
Polícia isola casa em Dallas onde vive funcionário de hospital infectado por ebola

Agentes de emergência com vestimentas especiais retiraram cinco passageiros com sintomas semelhantes aos da gripe de um avião no Aeroporto Longan de Boston (EUA), nesta segunda-feira, afirmou um porta-voz da Autoridade Portuária de Massachusetts.

O voo 237 da companhia aérea árabe Emirates, procedente de Dubai, não tinha nenhum dos passageiros supostamente adoecidos com passagem recente pela África Ocidental, disse o porta-voz Matthew Brelis.

EUA: Funcionária de hospital no Texas é 1ª pessoa a contrair ebola nos EUA

A África Ocidental sofre com o surto de ebola, principalmente Serra Leoa, Libéria e Guiné. "Por excesso de cautela, as pessoas estavam usando uma vestimenta especial quando entraram a bordo do avião e removeram os passageiros", disse Brelis, sem fornecer mais detalhes.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.