Tamanho do texto

Segundo exame deve confirmar se Teresa Romero poderá receber alta; ela teve o 1º caso de transmissão fora da África

A auxiliar de enfermagem espanhola que havia contraído ebola, Teresa Romero, está com "carga viral zero", segundo o resultado de um primeiro exame divulgado neste domingo pela família da paciente.

Vídeo: Cão de enfermeira infectada com ebola é abatido

A auxiliar de enfermagem espanhola que havia contraído ebola, Teresa Romero, está com
EPA
A auxiliar de enfermagem espanhola que havia contraído ebola, Teresa Romero, está com "carga viral zero"


Dia 9: Guiné fecha fronteiras com Serra Leoa e Libéria em tentativa de conter Ebola

O teste negativo não significa, ainda, que a enfermeira esteja livre de ebola, pois isto teria de ser comprovado em uma segunda análise. Novos resultados são esperados em 24 a 48 horas.

Pedindo "prudência", Teresa Mesa, uma amiga que se converteu na porta-voz da família, disse que os médicos do hospital Carlos 3º, em Madri, estão otimistas e confiantes de que o próximo exame em Romero também virá negativo.

A auxiliar de enfermagem, que tem 44 anos, sabe da notícia e se encontra bem, eufórica e ansiosa para receber alta, disse a amiga segundo a agência EFE.

Ela pegou o vírus depois de ajudar a tratar um missionário espanhol que morreu depois de contrair a doença em Serra Leoa - o primeiro caso de transmissão de ebola fora da África.

De lá para cá, dois casos semalhantes foram registrados nos EUA, com profissionais que ajudaram a tratar um liberiano que morreu no Texas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.