Tamanho do texto

Haruki Shimizu foi acusado de obstrução fraudulenta porque ligação levou funcionários do centro de saúde a se deslocarem

Um japonês de 24 anos foi detido na região de Saitama, no Centro do Japão, por chamar uma ambulância e fingir que estava infectado com o vírus ebola.

OMS: Número de mortos por ebola ultrapassa 5 mil

Dia 7: Testes com vacina antiebola no Mali têm resultados promissores

Haruki Shimizu é acusado de obstrução fraudulenta após sua ligação levar seis funcionários do centro de saúde de Sakado a equiparem-se com roupa de proteção e a deslocarem-se até a área em que ele dizia viver, informou a polícia de Saitama.

O jovem fez uma ligação na tarde de terça-feira (11), alegando que tinha voltado de uma viagem ao exterior no dia anterior e que estava com 38 graus de febre, acrescentando que "podia ter sido na Libéria", informou a polícia. Haruki Shimizu negou ter feito a ligação e disse que foi um conhecido que a realizou.

Os funcionários do centro de saúde foram até o endereço dado pelo autor da ligação, mas era falso. A ligação manteve a prefeitura de Saitama e um hospital local em estado de alerta até a noite de quarta-feira (12), acrescentaram fontes policiais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.