Tamanho do texto

Paciente que não foi identificado, chega hoje ao país a bordo de um avião privado para ser observado e eventualmente sujeito a tratamento

Um profissional de saúde dos Estados Unidos que esteve em Serra Leoa será colocado hoje (4) sob observação em um hospital de Nebraska, no centro do país, após elevado nível de exposição ao vírus do ebola. O paciente, que não foi identificado, chega hoje ao país a bordo de um avião privado para ser observado e eventualmente sujeito a tratamento.

“Ele foi exposto ao vírus, mas não está doente”, disse Phil Smith, diretor clínico da unidade especializada do Centro Médico do Nebraska. “Contudo, vamos tomar as medidas adequadas de precaução. Esse paciente vai ficar sob observação na mesma sala em que os primeiros três pacientes receberam tratamento e vai ser cuidadosamente monitorado para ver se a doença se desenvolve”.

Dois pacientes acolhidos pelo centro hospitalar foram tratados para a doença e receberam alta, mas o terceiro – um cirurgião infectado com o vírus enquanto trabalhava em Serra Leoa (sua terra natal) – morreu em novembro.

Em 2014, foram identificados 20.171 casos de ebola e 7.890 mortes, de acordo com dados mais recentes da Organização Mundial de Saúde. Quase todos casos e óbitos foram registrados em três países da África Ocidental: Serra Leoa, Libéria e Guiné-Conacri.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.