Tamanho do texto

Estudo comprova que cochilos frequentes de mais de 30 minutos são importantes para a formação de memórias de longo prazo em bebês de seis a 12 meses

Pesquisadora afirma que quem dorme depois de ter aprendido alguma coisa nova, aprende direito
Thinkstock Photos
Pesquisadora afirma que quem dorme depois de ter aprendido alguma coisa nova, aprende direito

Segundo um estudo conduzido pela Universidade de Sheffield e publicado na revista da Academia de Ciências dos Estados Unidos (Pnas), o melhor momento para aprender alguma coisa é logo antes de dormir.

A pesquisa, realizada com 216 bebês de seis a 12 meses de idade, mostrou que as crianças conseguiam se lembrar de novas ações e habilidades, se estas lhes tivessem sido ensinadas pouco antes de terem dormido bem e por bastante tempo.

Os pequenos foram divididos em dois grupos: em um deles, as crianças dormiam até quatro horas após terem aprendido alguma novidade, enquanto no outro, os bebês não dormiam ou apenas cochilavam por 30 minutos. No dia seguinte, as lições ensinadas eram cobradas e as crianças do primeiro grupo conseguiam repeti-las ao contrário das do segundo.

Jane Hebert, uma das pesquisadoras do estudo, afirmou que "quem dorme depois de ter aprendido alguma coisa nova, aprende direito". Por isso, é fundamental que os pais adquiriram o costume de ler para os seus filhos antes de colocá-los na cama desde cedo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.