Tamanho do texto

Aluno da Unesp de Bauru morreu após beber cerca de 25 doses de vodca; hepatologista esclarece como o organismo reage ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas

Durante uma festa entre repúblicas da cidade de Bauru, alguns estudantes participaram de uma competição em que tinham de beber uma dose de vodca a cada minuto. Humberto Moura Fonseca, de 23 anos, tomou cerca de 25 doses de vodca e passou mal. Ele e outros cinco participantes deram entrada no Pronto Socorro Municipal, mas Humberto não resistiu e  morreu no sábado (28). 

Rogério Alves, hepatologista  e gastroenterologista do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, comenta no vídeo abaixo os efeitos do álcool no corpo. Assista:

Leia também:
Cardiologistas alertam para perigo da mistura de álcool com energético
Alto consumo de álcool acelera em seis anos a perda de memória
Líderes em abuso de álcool são mulheres jovens e homens de meia-idade





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.