Tamanho do texto

Dispositivos sensíveis à luz presos ao corpo fazem sons conforme o movimento; a ação ajuda a criar conexões no cérebro ligando audição a coordenação motora

Um novo tipo de terapia, chamado Lightscores, usa luzes coloridas aliadas a diferentes sons para ajudar crianças cegas ou com problemas de visão a se tornarem mais ativas e com uma maior consciência corporal.

Dispositivos sensíveis à luz são presos ao corpo das crianças e, a cada movimento que elas fazem, o sensor produz um som diferente. Isso as encoraja a se aventurarem mais nas brincadeiras.

A ideia é criar um ambiente seguro para as crianças com problemas de visão interagirem livremente com o que está a sua volta. E o ato de se movimentar é fundamental para criar conexões no cérebro ligando a audição à coordenação motora. 

O projeto faz parte da mostra "A tecnologia na saúde e você", que está em cartaz no Museu do Design em Londres até 26 de Abril.

Veja o vídeo clicando no link abaixo:

Projeto mistura som e luzes para ajudar crianças cegas
Ideia é proporcionar um ambiente seguro para as crianças com problemas de visão
BBC
Ideia é proporcionar um ambiente seguro para as crianças com problemas de visão


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.