Tamanho do texto

Doença deixa o cristalino opaco, o que impede uma pessoa de enxergar corretamente; maioria dos casos acomete idosos

Bom nível de vitamina E no sangue parece ter efeito protetor para doenças oculares
Getty Images
Bom nível de vitamina E no sangue parece ter efeito protetor para doenças oculares

Comer alimentos que contêm vitamina E, como espinafre, brócolis, sementes, nozes e azeite de oliva, pode reduzir em um quarto o risco de desenvolver catarata, doença ocular ligada a um processo de perda progressiva da transparência do cristalino. Uma das formas mais comuns da doença se manifestar é com o avanço da idade. Essa conclusão foi sugerida por meio de uma revisão de estudos feita em uma divisão de medicina da Universidade Qingdao, na China, e publicada no periódico  Public Health Nutrition.

Através dos estudos, que compreendem 245 mil pessoas, foi descoberto que, geralmente, um nível adequado de vitamina E no sangue parece ter efeito protetor no que diz respeito às doenças oculares e, que consumir vitamina E por meio da alimentação ou suplementação reduz o risco de catarata ligada à idade em 27%. 

>> Conheça alimentos que fazem bem aos olhos:

"Os resultados do nosso estudo têm implicações clínicas e sanitárias importantes, já que diz respeito à prevenção da catarata ligada à idade", diz Yufei Zhang, autor da pesquisa. "Uma diminuição estatística significativa do risco de desenvolver a catarata foi evidenciada com um maior aporte de vitamina E, a partir de 7 mg por dia", completou. 

A dose de vitamina E diária recomendada aos adultos é de 10 mg. 

Veja também: Cuidado com os olhos: alguns remédios podem causar catarata

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE SAÚDE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.