Tamanho do texto

Kaley Fitszimons morreu hoje pela manhã; sinais do câncer foram negligenciados por médicos e ela teve metástase

Kaley Fitzsimons, de 33 anos, morreu hoje depois de uma luta árdua contra o câncer. Ela engravidou e, ainda durante a gestação, começou a se queixar de dores nos quadris, que foram atribuídas, por um médico, como algo normal de uma gravidez.

Depois que a filha nasceu e Kaley voltou a fazer exercícios físicos, as dores nos quadris persistiram. Os exercícios, dessa vez, levaram a culpa pelas dores.

Leia mais:  Mulher é diagnosticada com câncer fatal três meses depois do nascimento da filha

A dor, no entanto, não tinha relação com um processo natural do corpo nem por atividade física. Era um câncer.

Kaley fez quimioterapia, amputou a perna em que o tumor estava localizado, mas o câncer se espalhou para o pulmão. 

Ela morreu hoje e deixou suaa filha com poucos meses de vida.

Leia mais notícias de saúde





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.