Tamanho do texto

Apesar de não haver comprovação científica e até mesmo ser perigoso, por causa da contaminação do leite, muitos ignoram e acreditam que o leite materno pode aumentar os músculos

O personal trainer Danny Davidson tem um hábito meio estranho: ele bebe leite materno. No entanto, esse hábito não tem comprovação científica e pode ser perigoso, já que doenças podem ser transmitidas por meio do leite materno. Davidson, no entanto, acredita que esse leite carrega hormônios do crescimento e, por isso, teria o poder de aumentar sua massa muscular. As informações são do jornal inglês Metro.

"Eu não quero tomar esteroides para aumentar a massa muscular, porque já vi os efeitos que eles podem causar quando você fica velho. Homens bem fortes que jogam rugby disseram que eles bebiam leite materno para construir os músculos". 

O personal trainer de 32 anos, que disse que não acreditava que isso poderia fazer efeito no início, hoje toma 100ml de leite materno várias vezes na semana. O leite é comprado pela internet e vem de vários lugares no mundo. Ele gasta cerca de 40 libras (R$ 200) por semana. 

Essa prática, porém, é perigosa à saúde, já que os vírus da hepatite e HIV podem ser transmitidos por meio do leite. "Eu estou ciente que isso pode ser perigoso, mas eu não me importo", disse. 

O leite materno de bancos de leite, destinado à crianças, são seguros por causa dos testes feitos antes da administração. No caso da compra online, não se sabe a condição de saúde da mulher que produziu o leite. Portanto, beber leite materno na idade adulta não é recomendado e não há comprovação científica.

Leia também:  Beber leite materno em idade adulta é prejudicial à saúde, alerta estudo

Leia mais notícias de saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.