Tamanho do texto

Pai e mãe também enfrentaram tipos diferentes de câncer; garota terá de passar por mastectomia com apenas oito anos

Chrissy Turner, uma americana de apenas oito anos descobriu estar com um tipo raro de câncer de mama, que atinge uma pessoa a cada um milhão. Tudo indica que Chrissy é a pessoa mais nova a ser diagnosticada com a doença.

Chrissy pode ser a pessoa mais jovem a ter câncer de mama no mundo
Reprodução/Daily Mail
Chrissy pode ser a pessoa mais jovem a ter câncer de mama no mundo

A garota descobriu que havia algo errado no último mês. "Estávamos no meio de outubro e ela veio até nós com um nódulo no peito. Foi assustador", disse o pai dela à TV ABC4 Utah News, dos Estados Unidos. 

Para desespero dos pais, o exame revelou que a pequena garota estava sofrendo de uma forma rara de câncer de mama chamado carcinoma secretor. As informações são do jornal DailyMail.

"Eu fiquei assustada à primeira vista, quando soube disso", disse ela. "Mas eu sabia que eu podia lutar contra isso e eu espero lutar contra", disse a garota. 

Os pais de Chrissy também sofreram câncer. Ela teve um câncer cervical e ele, um linfoma não-Hodking. Agora, o câncer do pai de Chrissy retornou e ele precisará novamente de tratamento.

O pai de Chrissy tratou um linfoma não-Hodgkin, mas o câncer retornou recentemente
Reprodução/Daily Mail
O pai de Chrissy tratou um linfoma não-Hodgkin, mas o câncer retornou recentemente

Chrissy vai passar por uma mastectomia em um hospital em Utah, nos Estados Unidos. 

"Nós vamos continuar lutando", disse a mãe. "Vamos fazer tudo o que pudermos para sorrir todo dia, gargalhar todo dia e manter nossa cabeça erguida. Vamos dar o nosso melhor para superar isso", disse a mãe.

Leia mais sobre saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.