Tamanho do texto

Pesquisa com cerca de 290 mil pessoas ainda revelou que dormir em torno de 7 horas por noite é o ideal

Dormir até tarde e ignorar o som do despertador é o desejo de muitas pessoas que são obrigadas a acordar cedo todos os dias. Mas esse pesadelo de dormir pouco pode se tornar algo benéfico para a saúde, é o que revela um estudo feito pela Universidade de Medicina de Nova York.

Leia também: 10 sinais de que você pode estar sofrendo um AVC

Pesquisa revela que dormir mais de 8 horas por noite pode aumentar as chances de AVC
Getty Images
Pesquisa revela que dormir mais de 8 horas por noite pode aumentar as chances de AVC


De acordo com a pesquisa feita junto a 290 mil pessoas, dormir mais de 8 horas por noite pode aumentar em 146% os riscos de alguém sofrer um derrame. O ideal de tempo para o sono é entre 7 e 8 horas por noite. Isso porque os estudos também revelaram que quem dorme menos de 7 horas também corre mais riscos de um derrame. 

Os pesquisadores levaram em conta aspectos como a quantidade de exercício praticado, saúde, estilo de vida, idade e etnia, que podem alterar, de alguma forma, os riscos. A conclusão foi que as pessoas que além de dormir apenas 7 ou 8 horas por dia fizerem exercícios de 30 minutos a 1h, seis vezes na semana, são as mais protegidas.

Os resultados foram apresentados para a American Stroke Association Meeting. 

Dormir de 7 a 8 horas por noite e se exercitar pelo menos 30 minutos por dia, seis vezes na semana, é o ideal
iStock
Dormir de 7 a 8 horas por noite e se exercitar pelo menos 30 minutos por dia, seis vezes na semana, é o ideal