Tamanho do texto

Bebê que havia nascido saudável sobrevive graças à técnica conhecida como hipotermia terapêutica; procedimento ajuda a reduzir sequelas neurológicas

O recém-nascido Simon Meanwell nasceu saudável, mas precisou passar pelo procedimento 90 minutos depois
Reprodução/Facebook
O recém-nascido Simon Meanwell nasceu saudável, mas precisou passar pelo procedimento 90 minutos depois

Quem vê as fotos do simpático Simon Meanwell, agora com seis meses, nem imagina o que a o bebê britânico passou pouco tempo depois do nascimento. Uma hora e meia após o parto do recém-nascido, que veio ao mundo saudável, a criança parou de respirar e precisou ser “refrigerada” para voltar à vida.

Leia também: Criança de três anos quase morre após engolir a bateria de um hand spinner

Os médicos tiveram que lançar mão de uma técnica nova e arriscada para salvar a vida do recém-nascido . O procedimento aconteceu quando Simon estava sendo transferido para uma clínica especializada neonatal enquanto os especialistas enfrentavam uma corrida contra o tempo para que ele conseguisse sobreviver.

Enquanto estava na ambulância, o bebê , que é de Colsterworth, Lincolnshire, no Reino Unido, foi colocado em uma “manta de resfriamento” que baixou sua temperatura em 4°C - o equivalente a ser refrigerado, de acordo com os especialistas.

Esse cobertor contém água fria que circula na manta e diminui a temperatura do corpo de uma criança, que normalmente deve ser de 37°C,  para 33°C por três dias, antes de retornar ao normal.

O tratamento relativamente novo foi desenvolvido para impedir que bebês que estejam sem oxigênio sofram convulsões, retardando a produção de substâncias nocivas em seus cérebros e diminuindo a taxa de morte das células cerebrais.

De acordo com os profissionais que participaram o procedimento, foram feitas três tentativas de ressuscitação para que os minúsculos pulmões de Simon para trabalharem novamente.

Os pais de Simon, James e Helen Meanwell, que acreditam que seu filho só sobreviveu devido ao tratamento, agora estão arrecadando dinheiro por meio de doações como agradecimento para entregar às instalações e equipes médicas que salvaram a vida de seu filho.

Leia também: Bebê de apenas 37 dias quase morre depois de engolir três parafusos de metal

Hipotermia terapêutica salvou vida de recém-nascido

Recém-nascido que passa pela técnica de hipotermia terapêutica deve ter o corpo resfriado
Pixabay
Recém-nascido que passa pela técnica de hipotermia terapêutica deve ter o corpo resfriado

A terapia, conhecida como hipotermia terapêutica , é usada quando o bebê não consegue respirar sozinho ou quando estiver mostrando sinais de ter um sistema nervoso anormal.

A técnica consiste em colocá-lo em um cobertore de refrigeração no qual circula água fria ao redor de seu corpo, reduzindo sua temperatura em cerca de 4°C.

Pesquisas sugerem que a diminuição da temperatura resfria o cérebro e o corpo do bebê, diminuindo o risco de convulsões pela metade e reduzindo danos cerebrais em 25 a 50%.

Leia também: Bebê com "síndrome da sereia" morre 15 minutos após nascimento; entenda a doença

O bebê pode ser embrulhado em tais cobertores depois de minutos ou horas de seu nascimento. Ele pode permanecer enrolado na manta por até 72 horas durante sua estadia em terapia intensiva neonatal. Uma vez removido, o recém-nascido é reaquecidos lentamente até atingir sua temperatura natural.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.