Tamanho do texto

Hidratação, uso de filtro solar e evitar o sol em horários de maior incidência são métodos para evitar os sintomas da insolação; saiba como se proteger

Aplicar o filtro solar é um dos métodos para prevenir a insolação
Thinkstock/Getty Images
Aplicar o filtro solar é um dos métodos para prevenir a insolação

A principal preocupação da maioria das pessoas que viajam para a praia durante o verão são as queimaduras do sol . No entanto, prevenir a insolação também é uma missão importante, principalmente em crianças e idosos. O aumento da temperatura do corpo por conta da exposição ao sol pode ter consequências graves no cérebro, coração, rins e músculos e até ser fatal.

Leia também: Saiba como sobreviver ao calor com saúde

A insolação ou heliose acontece quando o sistema de transpiração falha em manter o corpo humano na temperatura adequada. Os principais sintomas são: dificuldade de respiração, dor de cabeça, tontura, febre e até mesmo desmaios. No entanto, prevenir a insolação e tratar os sintomas pode mais fácil do que se imagina, saiba como.

Como prevenir a insolação?

Prevenir a insolação é especialmente importante em crianças e idosos
Getty Images
Prevenir a insolação é especialmente importante em crianças e idosos

Antes de ir à praia, o primeiro passo é a aplicação do filtro solar de no mínimo 30Fps. Além de evitar queimaduras na superfície da pele, o protetor solar reflete os raios solares, evitando o aumento de temperatura do organismo. Os dermatologistas ainda indicam que o filtro deve ser reaplicado a cada duas horas, principalmente nas crianças.

Ao chegar na praia, é importante fazer a reidratação sempre que possível. Água, água de coco, chás gelados e isotônicos são as bebidas mais recomendadas pelos especialistas. É indicado que a pessoa consuma pelo menos dois litros durante um dia na praia. Para aqueles que estiverem tomando bebidas alcoólicas, é importante alternar o consumo com o de líquidos sem álcool.

Leia também: Veja 7 erros no uso do filtro solar que anulam o efeito protetor dele

Outra regra importante é evitar ao máximo a exposição direta ao sol por muito tempo, principalmente entre as 10h e as 16h. O cenário ideal é ficar debaixo de um guarda-sol ou dentro de uma barraca na maior parte do tempo, com saídas alternadas para entrar no mar ou caminhar.

Para os praticantes de esporte, é preciso redobrar a atenção com a hidratação e parar a atividade antes de ficar completamente extenuado. Ainda é recomendado o uso de uma camiseta de pano leve ao praticar atividades como o vôlei ou o frescobol.

Excesso de proteção também pode ser um problema quando se está em um lugar muito quente. Usar muitas roupas, ou colocar muitas roupas em seu filho pode atrapalhar a transpiração a aumentar a temperatura corporal.

Como tratar os sintomas da insolação?

Evitar a exposição direta ao sol é um dos melhores meios de combater a insolação
Thinkstock Photos
Evitar a exposição direta ao sol é um dos melhores meios de combater a insolação

A prevenção ainda é o melhor jeito para evitar a heliose, no entanto, também é importante saber como tratar os sintomas para evitar maiores riscos. A primeira coisa a se fazer com uma pessoas que sofre de insolação é levá-las para um local fresco, ventilado e na sombra. 

Leia também: Dez dicas para dormir bem durante no calor

A pessoa que sofre de insolação precisa repor rapidamente seus nutrientes, portanto é preciso fazer a ingestão de líquidos, de preferência isotônicos. Borrifar água gelada na pele da vítima ou fazer compressas de água fria também podem aliviar o mal estar.

Caso a pessoa perca a consciência ou não apresente melhoras dentro de alguns minutos, ela deverá ser encaminhada para um hospital o mais rápido possível para ser reidratada. Depois da alta, a pessoa deverá ficar em repouso durante alguns dias.

No período das férias escolares de verão, quando as praias brasileiras ficam lotadas e as temperaturas altas, o risco aumenta. Portanto, prevenir a insolação nesta época do ano é ainda mais importante