Minha Saúde

Você já ouviu falar em condromalacia patelar ? Se não, saiba que esse é o nome dado àquela dor interna ou incômodo no joelho que aparecem quando você pratica exercícios, como correr, subir escadas ou fazer agachamentos. Esse problema é causado pelo amolecimento da cartilagem localizada entre o fêmur e a patela. Isso pode ocorrer devido a um desvio patelar, a um desequilíbrio muscular, algum movimento excessivo ou trauma.

dor no joelho
shutterstock
Dor no joelho pode ser condromalacia patelar; saiba mais sobre esse mal

Leia também: Dor no quadril e nos joelhos pode ser 'ressaca da evolução', indica estudo

O osso patelar desalinha e começa a fazer um novo “trajeto” o que provoca o amolecimento da cartilagem. A cartilagem nessa região tem a função de não permitir atrito entre os ossos . Porém, como a cartilagem tem poucos vasos (o que dificulta sua regeneração) e não é inervada, não há dor quando começa seu desgaste.

Por isso, geralmente a dor só é percebida quando a cartilagem amolecer (primeira fase da síndrome) e com um possível aparecimento de edema.

Como prevenir a dor no joelho

Para prevenir e ajudar no tratamento para condromalacia patelar é preciso:

  • Treinar técnicas de movimentos, principalmente se o esporte contiver corridas e saltos. Aprimorar as técnicas de ambos os movimentos é fundamental para um joelho saudável;
  • Não esqueça de alongar , porque os alongamentos evitam encurtamentos musculares e melhoram o equilíbrio muscular;
  • Faça exercícios para o fortalecimento. Se você é daqueles que fogem do treino de pernas mas adora jogar futebol de fim de semana, saiba que você está no grupo de risco. Fortalecer a musculatura das pernas, diminuí a pressão do joelho e aumenta a resposta muscular;
  • Pratique exercícios funcionais. Eles são ótimos para promover o equilíbrio muscular. Além disso, ajudam a criar melhor percepção do movimento e fortalecer as articulações.

Leia também: Compressa quente ou fria? Saiba quando fazer cada uma delas

Como é o tratamento da condromalacia patelar?

O tratamento deve ser realizado com um profissional, por isso, o primeiro passo é procurar um médico. Ele diagnosticará o nível da síndrome e dará as orientações necessárias. Normalmente, o tratamento para condromalacia é o treino. Se o grau da lesão evoluir, o tratamento passar a ser cirúrgico e a dor de cabeça só aumenta. Algumas dicas para lhe ajudar na recuperação:

  • Evite movimentos cíclicos e de impacto sobre os joelhos . Algumas atividades como corridas, aulas de jump e bike indoor muitas vezes são proibidas pelo médico no começo do tratamento. O ideal e mais indicado para esses casos são atividades aquáticas;
  • Perda de peso é indicada para quem estiver acima do peso, para evitar sobrecarga no joelho;
  • Trabalho de força e hipertrofia de quadríceps são os exercícios ideais, pois são isométricos (sem movimento articular), ou com baixo movimento articular. Porém é importante saber em que grau encontra-se a lesão;
  • Exercícios como o agachamento, devem ser feitos devagar e com total controle e atenção ao movimento;
  • Pilates e exercícios proprioceptivos são indicados, mas lembre-se de informar ao professor sobre o seu problema.

    Veja Também

      Mostrar mais