Tamanho do texto

Estudo mostra que duas doses diárias elevam risco de câncer de mama em 51%

Beber moderadamente aumenta risco de câncer de mama
Getty Images
Beber moderadamente aumenta risco de câncer de mama
Mulheres que consomem entre três e seis copos de bebida alcoólica por semana têm 15% mais risco de desenvolver câncer de mama do que as abstêmias, afirma pesquisa realizada pelas escolas de medicina de Brigham e de Harvard e pelo Women's Hospital.

Enciclopédia da Saúde : Veja as causas, prevenção e tratamento do câncer de mama

Na avaliação do consumo diário, os pesquisadores concluíram que as que consomem em média dois copos diários de álcool têm 51% mais risco de desenvolver o mesmo câncer. Os dados foram publicados no Journal of the American Medical Association (JAMA).

Veja também : Estudo mostra que amamentar diminui risco de tumor maligno nas mamas

A pesquisa envolveu 105.986 mulheres, que responderam a uma bateria de perguntas sobre sua saúde e consumo de álcool entre 1980 e 2008.O resultado apresenta um dilema para as pessoas que consomem pequenas doses diárias de álcool, como um copo de vinho, para cuidar do coração.

Os autores do estudo destacam que a razão do aumento do risco de câncer de mama entre as mulheres que bebem permanece desconhecida, mas acreditam que há relação com o aumento dos hormônios sexuais nas mulheres que bebem.

Infográfico : Veja no mapa do Brasil, os locais onde há maior consumo de álcool, fumo e outros hábitos de risco

O iG Saúde separou uma matéria sobre a dependência química feminina acima dos 50 anos, idade que coincide com a faixa etária mais vulnerável ao câncer de mama. Confira

Sem brindes: alcoolismo aumenta na maturidade
Getty Images
Sem brindes: alcoolismo aumenta na maturidade

Alcoolismo aumenta em mulheres de meia idade. Veja a história de uma médica dependente

Leia ainda : A dose fatal da bebida

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.