Tamanho do texto

Dados apresentados pelo Ministério da Saúde indicam epidemia de obesidade

Nova pesquisa mostra que quase metade da população brasileira está com excesso de peso
Getty Images
Nova pesquisa mostra que quase metade da população brasileira está com excesso de peso
O Brasil engordou nos últimos e os novos dados apresentados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira, dia 18 de abril, mostram que hoje quase metade da população está com o excesso de peso.

Leia o especial: Perdi 50 quilos em um ano e sem cirurgia

A pesquisa que monitora os fatores de risco em todas as capitais e no Distrito Federal, chamada de Vigitel, mostra que 48% das pessoas estão com sobrepeso, situação que ocorre quando o Índice de Massa Corporal (IMC) é maior do que 25 – para calcular o seu IMC é só dividir o peso pela altura ao quadrado.

Em 2006, primeiro ano em que o estudo federal foi realizado, a taxa de pessoas que viviam com os quilos extras era de 42%. O aumento indica que, nestes cinco anos, o País ganhou 11 milhões de pessoas que convivem com os ponteiros da balança acima do limite considerado normal, uma situação que põe em risco a saúde.

Leia mais: Mulheres bebem mais e não param de fumar

A obesidade também ganhou mais espaço entre os brasileiros. Em 2006, de acordo com o Vigitel, 11% das pessoas entrevistadas tinham IMC maior do que 30. No ano passado, a taxa passou para 15%.

“Se continuarmos neste ritmo de crescimento, em 13 anos, teremos níveis de sobrepeso e obesidade no Brasil semelhantes aos dos Estados Unidos”, afirmou Jarbas Barbosa, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Além das informações sobre o excesso de peso, o Ministério da Saúde também divulgou dados sobre fumo, alimentação, sedentarismo e consumo em excesso de bebidas alcoólicas. Para chegar aos resultados foram entrevistados 54 mil pessoas, por telefone, todas maiores de 18 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.