Tamanho do texto

James Byrne cortou o dedo da mão esquerda acidentalmente. Cirurgião sugeriu usar o do pé para substituí-lo. Operação deu certo

selo

Sem o polegar, James não poderia fazer coisas básicas como segurar uma caneta ou abrir a porta
BBC
Sem o polegar, James não poderia fazer coisas básicas como segurar uma caneta ou abrir a porta
James Byrne, de 29 anos, perdeu o polegar enquanto serrava madeira em dezembro do ano passado. Depois de uma tentativa fracassada de reimplantar o dedo, cirurgiões plásticos do Hospital Frenchay, em Bristol, transplantaram o dedão do pé esquerdo de Byrne para sua mão.

Leia também: O que fazer em caso de amputação

Segundo o cirurgião Umraz Khan, a perda do dedo do pé não é um incapacitamento tão grande como perder um polegar, então o ganho é maior que a perda.

"O Dr. Khan reimplantou meu polegar, mas ele tinha sido muito danificado e, apesar de termos tentado de tudo, incluindo sanguessugas, para fazer com que o sangue fluísse novamente, não conseguimos", disse Byrne.

Siga o @igsaude no Twitter

"O médico disse: 'Você vai ter um polegar nem que eu tenha que tirar seu dedão do pé'. Eu pensei que ele estivesse brincando, mas ele estava falando sério e nove meses depois, aqui está."

Byrne diz não ficar incomodado com a parte estética. "Eu estou satisfeito com o fato de que ele (o dedo) funciona. Meu trabalho como pedreiro estaria destruído sem o uso da minha mão, porque não conseguiria pegar um tijolo sem o polegar, mas agora espero poder voltar ao trabalho em alguns meses."

O britânico não liga para a questão estética
BBC
O britânico não liga para a questão estética
O britânico terá de passar por fisioterapia para ajudá-lo a se adaptar ao uso do novo polegar.

Primeiros socorros
Como agir em caso de emergência

O Hospital Frenchay é um centro regional de microcirurgia e é renomado por ajudar pacientes que requerem este tipo de procedimento. "James terá de reaprender a se equilibrar sem o dedão do pé esquerdo, mas ele conseguirá andar e correr normalmente", disse o Dr. Khan.

"Já sem o polegar, James não poderia fazer coisas básicas como segurar uma caneta ou abrir a porta. Ainda estamos na fase inicial, mas é possível que ele precise de outras cirurgias para fazer com que o dedão se pareça mais com um polegar."

Continue lendo:
Toma anticoagulante? Veja como prevenir sangramentos
Brasil realiza o primeiro transplante de artéria
Realizado no México o primeiro reimplante de rosto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.