Tamanho do texto

Estudo americano dá passo significativo para o tratamento de uma forma até agora incurável de cegueira

Um total de 24 pacientes se inscreveram para se submeter aos primeiros testes clínicos para tratar dois tipos de cegueira com células-tronco , anunciou a companhia Advance Cell Technology (ACT) de Massachusetts.

Leia também: A tecnologia a favor da visão

A agência de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos (FDA) deu luz verde há alguns meses para iniciar os testes clínicos que tratarão uma forma de cegueira juvenil conhecida como doença de Stargardt e a cegueira por degeneração macular relacionada com a idade (DME), uma das principais causas de cegueira em maiores de 50 anos.

Agora que os primeiros pacientes se inscreveram, os testes começarão "em um futuro muito próximo", disse um porta-voz da ACT.

Leia mais sobre doenças relacionadas aos olhos

"Estes testes marcam um passo significativo para um dos campos menos desenvolvidos e mais necessitados do nosso tempo, o tratamento de uma forma até agora incurável de cegueira e para as formas comuns de cegueira", disse o líder das pesquisas, Steven Schwartz, da Universidade da Califórnia.

As células-tronco embrionárias são células mestras do corpo, capazes de gerar todos os tecidos e órgãos. Seu uso é controvertido porque muitas pessoas se opõem à destruição de embriões.

Consulte também
Enciclopédia da Saúde
Guia de Exames

E siga o @igsaude no Twitter para acomapnhar notícias de saúde e bem-estar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.