Tamanho do texto

Mães fumantes prejudicam a própria saúde, bem como a do bebê em formação

Fumo: na gravidez ele aumenta o risco de o bebê nascer morto
Getty Images
Fumo: na gravidez ele aumenta o risco de o bebê nascer morto
Fumar pode causar sérias complicações durante a gravidez e colocar em risco a vida do bebê.

Os Centros para Prevenção e Controle de Doenças dos EUA lista estes problemas – para mãe e filho – que podem ocorrer devido ao tabagismo:

- Aumento da dificuldade de engravidar.

- Aumento do risco de aborto espontâneo .

- Aumento do risco de problemas placentários, baixo peso ao nascer e parto prematuro.

- Aumento do risco de síndrome da morte súbita infantil.

- Aumento do risco de defeitos cardíacos, lábio leporino ou fenda palatina.

Leia mais sobre os riscos do cigarro:
Cigarro na gravidez pode predispor crianças a problemas cardíacos
Fumo passivo na gravidez eleva risco de bebê nascer morto
A dificuldade em deixar o vício durante a gravidez
Grávida pode usar adesivo de nicotina para parar de fumar?
O rastro do fumo passivo no Brasil
Mulheres têm mais dificuldade para largar o fumo

    Leia tudo sobre: gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.