Tamanho do texto

Feridas causadas pela longa permanência na mesma posição podem acontecer após cirurgias e em cadeirantes

Ficar muito tempo deitado na mesma posição aumenta o risco de escaras
Thinkstock Photos
Ficar muito tempo deitado na mesma posição aumenta o risco de escaras
As úlceras de decúbito, comumente conhecidas como escaras, são lesões que se produzem na pele quando o paciente permanece muito tempo na mesma posição, sem aliviar a pressão em uma determinada região do corpo.

Pacientes de pós-cirúrgico ou pessoas que não conseguem se mexer sozinhas, por exemplo, podem desenvolver escaras, pois o peso constante na área afetada reduz a irrigação sanguínea, levando à morte do tecido afetado.

A Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos informa que as seguintes condições podem promover as úlceras de pressão:

- Incapacidade de se levantar da cama ou estar confinado a uma cadeira de rodas
- Facilidade em desenvolver lesões cutâneas ou ter uma condição crônica que afete a circulação sanguínea
- Incapacidade de mover partes do corpo sem assistência devido a lesões ou doenças
- Má nutrição
- Debilitação mental ou demência
- Incontinência
- Idade avançada

Leia também
Convivendo com a esclerose múltipla
Os fatores de risco de doença da tireoide
Prevenindo quedas em idosos
Os impactos à saúde do cuidador

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.