Minha Saúde

enhanced by Google
 

Doador de órgão fica mais velho no Brasil

País bate recorde de transplantes em 2010. Veja o panorama nacional da cirurgia, fila de espera e evolução de operações

Fernanda Aranda, iG São Paulo

Compartilhar:

O novo perfil de doador de órgãos no País mostra que as vidas têm sido salvas por pessoas cada vez mais velhas. Em 2008, segundo os dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), 6% dos doadores tinham mais de 60 anos. A parcela subiu para 7% em 2009 e chegou ao índice de 10% no ano passado, um recorde histórico.

A história emocionante de um adolescente transplantado
Veja ainda: A primeira médica a realizar um transplante de coração no País

O envelhecimento da idade do doador é uma mistura de aumento da expectativa de vida do brasileiro atrelado aos avanços das tecnologias da medicina, que permitem agora conservar por mais tempo o coração, fígado, rim, pulmão ou pâncreas de uma pessoa mais velha, além de terem disponíveis técnicas que diagnosticam com mais eficiência a morte encefálica (situação exigida para a doação de órgãos).

Além do perfil do doador brasileiro, este infográfico especial do iG ainda mostra a fila de espera para cada órgão, os Estados que mais realizam as operações e a evolução do número de cirurgias nos últimos dez anos. Um outro diferencial é que o gráfico mostra em que situações você pode precisar de um transplante. Confira

 

    Notícias Relacionadas


    1 Comentários |

    Comente
    • Reginaldo Carlos Boni | 01/04/2011 11:03

      Prezada Fernanda, bom dia!\n\nGostaríamos de parabenizá-la pela matéria sobre doação e transplantes. Além da objetividade, a clareza das informações e a apresentação estão, além de elucidativas, visualmente muito adequadas. \nSão reportagens como estas que dão credibilidade e transparência ao Sistema de Transplantes no Brasil: sem sensacionalismo e, sobretudo, respeitando a sociedade. \nGostariamos de convidá-la a conhecer a Central de Transplantes de São Paulo, na qual trabalho como médico. \nParabéns a toda a equipe. \n

      Responder comentário | Denunciar comentário

    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




    *Campos obrigatórios

    "Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"

    Ver de novo