Tamanho do texto

Quando tinha 14 anos, a jogada de badminton foi atingida no rosto por uma peteca, acidente que moveu a lente de contato para parte de trás de seu olho

A lente de contato foi descoberta após a atleta reclamar de um inchaço na região de sua pálpebra esquerda
Reprodução/Daily Mail
A lente de contato foi descoberta após a atleta reclamar de um inchaço na região de sua pálpebra esquerda

Médicos do Hospital Ninewells, no Reino Unido, realizaram uma cirurgia para retirar a lente de contato que estava presa no olho de uma mulher há 28 anos. Segundo o Daily Mail, a paciente de 42 anos tinha apenas 14 quando uma peteca atingiu seu rosto durante um jogo de badminton. Ela acreditava que a lente caíra por conta do impacto, mas, na realidade, o objeto ficou alojado em seu corpo.

Leia também: Jovem supera estatísticas e sobrevive ao sofrer decapitação interna em acidente

Tudo começou quando a mulher, que não teve o nome divulgado, explicou em uma consulta de rotina que sua pálpebra esquerda estava inchada e caída há pelo menos seis meses. Sem relacionar o caso com o episódio da lente de contato , quase três décadas antes, a jogadora de badminton foi encaminhada para um oftalmologista.

O especialista solicitou diversos exames e, pelos resultados, concluiu que o inchaço era devido a um cisto comum. A britânica foi encaminhada para uma operação e, durante o procedimento, os cirurgiões ficaram chocados ao descobrir, no lugar do cisto, uma lente ocular intacta.

“Nós concluímos que a lente migrou para a região da pálpebra e ficou dormente durante 28 anos”, descreveram os médicos da equipe de Sirjhun Patel, ao publicar o caso em uma revista científica. “A paciente assumiu que a lente caíra de seu olho, porém, na verdade, ela se alojou na região dos olhos e não apresentou sintomas de sua presença”.

Leia também: Mulher descobre câncer de pulmão por causa de unhas curvadas para baixo

Mais detalhes sobre o caso da lente de contato

A lente de contato estava presa sob a pálpebra do olho esquerdo há 28 anos, desde que a paciente era adolescente
Reprodução/Daily Mail
A lente de contato estava presa sob a pálpebra do olho esquerdo há 28 anos, desde que a paciente era adolescente

Os especialistas também descreveram que, ao extraírem o objeto estranho, não conseguiram entender o que poderia ter causado tal situação e, por isso, procuraram a mãe da paciente.

A mulher contou que, aos 14 anos, enquanto jogava badminton, a filha foi atingida por uma peteca. Depois do impacto, ela percebeu que a lente do seu olho esquerdo não estava mais lá e imaginou que ela tinha caído no chão. Por isso a situação não foi descoberta antes.

Leia também: Indiano que ignorou tumor gigante por 20 anos retira massa de 1,4 kg do pescoço

Extremamente raro, casos de lente de contato alojada nos olhos por conta de um trauma já foram notificados apenas outras quatro vezes na literatura médica. Na situação da britânica, sua visão não foi prejudicada, mas ela continuará com a pálpebra esquerda caída, o que não considerou um problema.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.