Tamanho do texto

Estudo vai auxiliar pessoas que vivem com o vírus e que não estão obtendo resultados com o tratamento convencional

O hospital estadual Emílio Ribas, em São Paulo, referência em infectologia na capital, abriu recrutamento de pacientes com HIV para avaliar uma nova droga que poderá ajudar aqueles que não estão reagindo ao tratamento atual.

Saiba mais sobre aids

O processo de seleção dos voluntários para participar desta pesquisa se estenderá até o mês de janeiro de 2012.

Poderão participar do estudo pacientes com HIV, maiores de 18 anos, e que apresentam multiplicação do vírus HIV, mesmo com o uso correto dos medicamentos convencionais. Ou seja, que apresentam resistência do vírus HIV aos atuais antirretrovirais, e que ainda não usaram medicamentos inibidores da integrase, como o Raltegravir.

Leia também: Remédios anti-HIV podem ser eficazes para prevenir Aids

As vagas são limitadas. Os pacientes interessados devem levar exames recentes e procurar a equipe do hospital-dia do Emílio Ribas, no 2º andar da unidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pode ser obtidas pelos telefones (11) 3896-1285 / (11) 3896-1213 / (11) 3085-7059.

Siga o iG Saúde no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.