Tamanho do texto

O gás tóxico emitido pelo escapamento dos carros tem efeito narcótico, capaz de combater o estresse, diz pesquisa israelense

O monóxido de carbono é tóxico e potencialmente mortal, mas parece ter efeito calmante
Thinkstock/Getty Images
O monóxido de carbono é tóxico e potencialmente mortal, mas parece ter efeito calmante
O monóxido de carbono (CO), um gás tóxico e potencialmente mortal, tem paradoxalmente um efeito calmante se aplicado em pequenas doses, revela um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Tel Aviv.

"Os testes efetuados com transeuntes em Tel Aviv mostraram que o gás tem um efeito narcótico que combate o estresse provocado pelo barulho e pelas multidões", garantiu o professor Itzhak Schnell.

Siga o iG Saúde no Twitter

Os pesquisadores pediram a 36 pessoas, entre 20 e 40 anos, que passassem dois dias em Tel Aviv percorrendo as ruas, restaurantes, mercados e centros comerciais monitorados por sensores que registravam ritmo cardíaco e o nível de poluição ao qual estavam submetidos.

Os investigadores chegaram à conclusão de que a poluição menos suportável é a sonora, e que pequenas doses de monóxido de carbono parecem reduzir a tensão.

Trânsito é o principal gatilho de infarto, mostra estudo

O estudo, publicado pela revista internacional "Environmental, Monitoring and Assessment", busca avaliar o impacto de quatro fatores ambientais: temperatura, monóxido de carbono, multidões e ruído.

Ao contrário de numerosos gases, o monóxido de carbono não tem odor nem efeito irritante, o que o torna muito difícil de detectar, aumentando seu risco para a saúde.

Continue lendo:

Poluição eleva risco de infarto, apendicite e até infertilidade
Doenças relacionas à poluição:
bronquite , DPOC , asma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.