Tamanho do texto

O ritmo cardíaco do paciente pode ser acompanhado em tempo real. Em caso de anomalia, médicos são informados por sms ou e-mail

A universidade tecnológica suíça EPFL anunciou na terça-feira (18) ter criado um sistema eletrônico que detecta problemas cardíacos instantaneamente e repassa as informações para o médico via telefone celular.

O sistema inclui pequenos detectores que são usados pelo paciente, e que acompanham o ritmo cardíaco em tempo real. Em caso de anomalia, "informações diferentes são enviadas para o smartphone do paciente e, em seguida, transmitidas por SMS ou e-mail para a equipe médica, que poderá tomar as providências cabíveis".

"O sistema permite a obtenção de informações precisas e confiáveis. É equipado com uma bateria que pode durar até quatro semanas", informou o professor David Atienza.

Confira o infográfico: O Infarto do Novo Século

O sistema também "garante a análise automática das informações" e sua "transmissão em um formato condensado para o médico."

As doenças cardiovasculares são responsáveis por um terço das mortes que ocorrem no mundo.

Siga o iG Saúde no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.