Tamanho do texto

Quem não quiser perder a vacinação gratuita contra a gripe A H1N1 poderá contar com a ajuda da tecnologia. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou nesta quinta-feira, dia 4, que irá avisar por e-mail a data que as pessoas poderão receber a imunização.

Para ter acesso a essa facilidade, basta se cadastrar no site do próprio ministério a partir da próxima segunda-feira, dia 8 de março.

A vacinação contra a gripe A H1N1 será dividida em cinco etapas diferentes, a primeira começa na própria segunda para a população indígena e profissionais de saúde. Na sequência, o próximo grupo a ser vacinado é o de gestantes, pessoas com problemas crônicos de saúde (como portadores de doenças respiratórias, doenças cardíacas ou diabéticos) e crianças de seis meses a dois anos.

Na terceira fase estão adultos de 20 a 29 e, posteriormente, pessoas de 30 a 39 anos. Este último grupo não constava no calendário de vacinação, sendo incluso somente no dia 25 de fevereiro, a pedido de infectologistas e autoridades de saúde de vários países.

Segundo o ministro, 91 milhões de brasileiros serão vacinados contra a influenza A em dois meses. A previsão dos especialistas é que uma nova onda de contágio do vírus A H1N1 chegue ao Brasil entre maio e junho. A vacina é contra-indicada para quem tem alergia a ovo.

Calendário nacional de vacinação

Profissionais de saúde e indígenas: 8 de março a 19 de março
Gestantes, doentes crônicos e crianças de 6 meses a 2 anos: 22 de março a 2 de abril
Jovens de 20 a 29 anos: 5 de abril a 23 de abril
Idosos (mais de 60 anos) com doenças crônicas: 24 de abril a 7 de maio
Pessoas de 30 a 39 anos: 10 de maio a 21 de maio

Leia também :
- Gripe Suína: mulheres terão duplo papel na vacinação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.