Tamanho do texto

País vive epidemia e maioria dos casos é registrado na fronteira com Brasil

A morte de um homem de 60 anos e de uma criança de cinco elevaram para 11 o número de vítimas da epidemia de dengue que afeta o Paraguai e atinge principalmente as regiões fronteiriças ao Brasil.

"Esta semana dois casos novos foram relatados: um paciente do sexo masculino, de 60 anos, e um menino de 5 anos", afirmou a médica Águeda Agüero, da direção de Vigilância da Saúde do Ministério da Saúde Pública.

A cidade de Pedro Juan Caballero, 540 quilômetros ao nordeste de Assunção, faz fronteira com o Mato Grosso do Sul e é capital do departamento de Amambay, vizinho a Assunção. Agüero informou que foram confirmadas 12 mil notificações e 4971 casos da doença, a maioria em Central, Amambay, Concepción e Alto Paraná, também na fronteira com o Brasil.

O Paraguai não registrou casos fatais da doença em 2008 e 2009, mas sim nos primeiros meses de 2007, quando a dengue deixo 17 mortos e 27 mil pessoas infectadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.