Tamanho do texto

O estado não apresenta casos da doença desde 2000, mas está alerta com ocorrência em outras unidades federais. A vacina é gratuita

A Secretaria da Saúde de São Paulo iniciou uma campanha estadual de vacinação contra o sarampo. O objetivo é, até o dia 30, imunizar 12,2 milhões de crianças e jovens entre 1 e 19 anos. Apesar de o estado não registrar casos da doença desde 2000, a mobilização é motivada pela ocorrência de casos recentes em outros estados, como Pará, Rio Grande do Sul e Paraíba.

O sarampo é uma doença causada por vírus, de transmissão respiratória e altamente contagiosa. Os principais sintomas são febre alta, tosse intensa, coriza, conjuntivite e o surgimento de placas ásperas avermelhadas na pele. Em alguns casos, o sarampo pode levar à morte.

A vacina é gratuita e está disponível em todos os postos de saúde do estado, que funcionam de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Além da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola, os paulistas que comparecerem aos pontos de vacinação também poderão receber outras vacinas que estiverem em atraso. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.