Tamanho do texto

BRASÍLIA - O Senado aprovou hoje (9) a Medida Provisória 469, que abre crédito extraordinário aos ministérios da Saúde e dos Transportes no valor de R$ 2.168 bilhões.


A maior parte dos recursos (R$ 2.163 bilhões) destina-se ao Ministério da Saúde para as ações de prevenção e de combate à influenza A (H1N1) - gripe suína. Para o Ministérios dos Transportes foram destinados R$ 5 milhões. A aprovação da MP só foi possível por causa de um acordo entre a oposição e o governo.

Com a aprovação da MP, que estava aguardando a votação dos senadores há meses, o presidente da Casa, senador José Sarney (PMDB-MA), anunciou que deverá votar amanhã (10) mais duas medidas provisórias, que também estão trancando a pauta do Senado.

A MP 470, que autoriza a União a liberarr um crédito de até R$ 6 bilhões à Caixa Econômica Federal e de R$ 1 bilhão para o Banco do Nordeste, e a MP 471 que concede incentivo fiscal às empresas montadoras e fabricantes de veículos instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Com as votações das MPs, a pauta do Senado ficará aberta para as àotações de outras matérias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.