Tamanho do texto

O Ministério da Saúde recomendou aos municípios e Estados que abram os postos de vacinação de todo o País neste sábado para aplicar as vacinas contra a Influenza A (H1N1), a chamada gripe suína. Também haverá aplicações contra a gripe comum.

A imunização de grávidas, crianças de 2 a 23 meses e jovens de 20 a 29 anos, cuja etapa de vacinação foi prorrogada oficialmente do dia 2 de abril para sexta-feira, na verdade termina neste sábado, já que o Ministério da Saúde aconselhou esses grupos a aproveitar a abertura dos postos e buscar a aplicação.

Oficialmente neste sábado começa a vacinação dos idosos com  doenças crônicas, que poderão ser imunizados até o dia 21 de maio.

Os idosos das regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste poderão se vacinar a partir de hoje contra a gripe H1N1 e tomar sua dose contra a gripe comum a partir do dia 8.

Eles podem optar por receber de uma vez só as duas vacinas a partir do dia 8, quando receberá em um braço a imunização contra gripe comum e, no outro, a dose contra a Influenza A (H1N1).

Para a vacinação contra gripe comum, também começa a mobilização nos Estados das regiões Norte e Sul para pessoas com mais de 60 anos. Por conta do atraso do Instituto Butantã na entrega de parte das vacinas, o calendário de imunização para a gripe comum foi adiado para o dia 8 de maio, seguindo até 21 do mesmo mês nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste.

Nas demais regiões será mantido o período previamente estabelecido de 24 de abril a 7 de maio. Contra a gripe comum serão vacinadas pessoas com mais de 60 anos, pois são as mais afetadas pelos vírus causadores da doença.

Balanço

Até as 14 horas de quinta-feira, o Ministério da Saúde contabilizou mais de 32 milhões de pessoas imunizadas contra a gripe A. As gestantes somam 1.704.763 (56,6% da meta), os doentes crônicos alcançaram 8.153.749 de doses aplicadas e foram 17.203.748 os jovens de 20 a 29 imunizados (48,92% da meta).

A vacinação de crianças (3.940.500 de doses aplicadas, correspondendo a 90% da população alvo) e profissionais de saúde (2.556.5717, 100% da população alvo) já ultrapassou a meta prevista.

Leia mais sobre gripe suína

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.