Tamanho do texto

Andrew Wardle nasceu com um defeito congênito conhecido como extrofia vesical de bexiga, em que há má formação da bexiga e da uretra; leia mais

Andrew Wardle, de 44 anos, ganhou 'pênis biônico' por conta de defeito congênito de nascença que afeta aparelho urinário
Reprodução/Daily Mail
Andrew Wardle, de 44 anos, ganhou 'pênis biônico' por conta de defeito congênito de nascença que afeta aparelho urinário

Um homem britânico que nasceu sem pênis passou por um implante em um hospital de Londres na última sexta-feira (22). Andrew Wardle, de 44 anos, contou ao Daily Mail que está ansioso para fazer sexo pela primeira vez, com o que apelidou de ‘pênis biônico’.

Leia também: Brasileiro não ingere nível ideal de cálcio; veja se seu consumo está adequado

Wardle, que é piloto, foi submetido a uma faloplastia peniana no Hospital Universitário de Londres e deve esperar até seis semanas antes de ter a primeira relação sexual de sua vida. A equipe médica explicou que o período de espera é necessário, pois o ‘ pênis biônico ’ implantado no rapaz envolve uma bomba ajustada para criar ereções que ainda está em fase de testes.

“Eu passei 44 anos sem ter um órgão sexual . Pulei várias etapas importantes da vida de um adolescente, como perder a virgindade, por exemplo. Apesar de estar muito animado, eu não tenho pressa. Creio que demorarei um tempo até me acostumar com isso. Mas estou feliz, e agora sou diferenciado, quase um ciborgue”, brincou.

Extrofia vesical de bexiga e o ‘pênis biônico’ de Andrew

O piloto de Manchester nasceu com um defeito congênito conhecido como extrofia vesical de bexiga, que diz respeito à má formação da bexiga e da uretra, na qual a bexiga fica exposta para fora do abdômen.

Leia também: Crioterapia: técnica usada por Ana Furtado preserva o cabelo após quimioterapia

Devido a essa condição, a uretra e a genitália não são formadas completamente, já que a uretra se abre na "porção dorsal" do pênis, ou epispádia, podendo também separar os ossos da pelve. 

Andrew Wardle e sua namorada Fedra Fabian
Reprodução/Daily Mail
Andrew Wardle e sua namorada Fedra Fabian

O britânico revelou que já passou por 15 cirurgias, sendo uma delas para criar uma abertura artificial a fim de construir um ‘tubo urinário’. Segundo ele, o defeito congênito o faz passar por momentos difíceis na vida, como os de 2012.

“Eu tentei me matar por não aguentar viver daquela forma. Por sorte, encontrei meu urologista Dan Woods, que me reanimou e me deu muita esperança. Nos tornamos amigos e ele ficou sabendo  sobre meu quadro de depressão entre outros problemas que assolaram minha vida por causa dessa condição de nascença. Fedra Fabian, minha namorada de longa data, me ajudou muito também”.

Leia também: Diagnóstico tardio prejudica tratamento contra mieloma múltiplo; veja sintomas

Em 2014, os procedimentos cirúrgicos de Wardle continuaram, e ele passou pela primeira etapa do processo, removendo a bolsa de urostomia e implantando um cateter para que conseguisse fazer suas necessidades fisiológicas com mais praticidade. Um ano mais tarde, junto do urologista Dan Woods, criou um ' pênis biônico ' a partir da pele, músculos e nervos do braço esquerdo e da veia da perna direita. Andrew ressaltou estar satisfeito com a cirurgia e animado para o futuro. “Um cirurgião americano me disse que eu sou o dono do pênis mais caro do mundo agora.  Estou muito satisfeito com o procedimento e com a assistência médica que recebi”, concluiu.