Tamanho do texto

Dr. Tobias Rabelo faz alerta sobre a doença que já atinge cerca de 14 milhões de brasileiros, segundo a Federação Internacional de Diabetes, e só cresce

Diabetes está ligado à obesidade e tratamento exige mudanças dos hábitos de vida, diz nutrólogo Tobias Rabelo
Reprodução
Diabetes está ligado à obesidade e tratamento exige mudanças dos hábitos de vida, diz nutrólogo Tobias Rabelo

A Federação Internacional de Diabetes estima que o Brasil já conta com 14 milhões de diabéticos . O problema é crônico, não tem cura e está intimamente ligado à obesidade. Para piorar, os casos das duas doenças só crescem no país.

De acordo com o nutrólogo das estrelas Tobias Rabelo, o Brasil já está entre os países com maior incidência de diabetes do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos, Índia e China. Em entrevista ao iG , ele explica que o tratamento para os problemas se inicia com mudanças de hábitos de vida: implementação de atividade física no dia a dia e uma dieta equilibrada, gerando perda de peso.

Além disso, dependendo do quadro de saúde do paciente, também pode ser necessário incluir medicamentos como Saxenda e Victoza, este desenvolvido para o tratamento do diabetes tipo 2, que a pessoa adquire ao longo da vida. Mas apenas um especialista pode indicar qual o remédio correto para cada caso.

LEIA MAIS:  Pessoas com diabetes devem deixar de dirigir no início do tratamento

Dr. Tobias afirma que, antes, o médico esperava que houvessem alterações laboratoriais nos exames para ele poder iniciar um tratamento. Agora, o foco é em prevenir que o paciente desenvolva qualquer tipo de doença crônica.

Saúde hoje

“A expectativa de vida aumentou muito nos últimos anos. Hoje, temos algumas preocupações que não existiam. A questão da poluição, de aditivos alimentares, conservantes, corantes, o próprio plástico mesmo. Algumas dessas substâncias nós chamamos de disruptores endocrinológicos, que podem interferir no nosso metabolismo, na nossa expectativa de vida e até mesmo em doenças”, conta Dr. Tobias.

LEIA MAIS:  Médicos listam 40 tratamentos que trazem pouco ou nenhum benefício à saúde

Em conversa com a apresentadora Maria João, o especialista também fala da importância de se manter uma relação íntima com os médicos que cuidam da nossa saúde, uma medida essencial para prevenção de doenças. O profissional precisa conhecer o histórico do paciente e saber o como é o dia a dia dele. “Muitos problemas de saúde são um reflexo do estado psicológico da pessoa naquele momento.”

Confira a entrevista completa sobre diabetes e a saúde nos dias de hoje:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.