Tamanho do texto

Nathan Jack, de 29 anos, sofre com cefaleia em salvas, uma doença rara que provoca dores tão intensas e incapacitantes que deixa paciente desesperado

Nathan e a noiva precisaram adiar seu casamento porque ele pode, a qualquer momento, ter uma crise de dores de cabeça
Facebook/ Nathan Jack/ Reprodução
Nathan e a noiva precisaram adiar seu casamento porque ele pode, a qualquer momento, ter uma crise de dores de cabeça

O inglês Nathan Jack, de 29 anos, sofre de um problema neurológico desde que é adolescente, após lutar contra um tumor no cérebro. O problema é que a condição se agravou drasticamente nos últimos anos e, agora, ele sofre com dores de cabeça tão intensas que tem vontade de se bater para dar um fim à situação.

LEIA MAIS:  Dor de cabeça pode se agravar se tratamento correto não for feito

Conhecida como cefaleia em salvas , a condição provoca dores de cabeça insuportáveis, bem mais fortes que uma enxaqueca, fazendo com que o paciente entre em desespero. Nathan já não consegue mais trabalhar, dirigir, conviver com seus amigos e família e sair de casa é um enorme problema.

Ele precisou até mesmo adiar seu casamento porque pode, a qualquer momento, ter uma crise de cefaleia. “É um ataque brutal e incapacitante que pode durar de 15 a 180 minutos. Estou tendo de três a sete ataques por dia. A dor é descrita como a pior de todas em humanos”, escreveu o inglês em sua página no Facebook.

Em uma forma de tentar conscientizar as pessoas sobre a gravidade da situação, ele postou um vídeo em que aparece tendo uma das crises. A dor vai piorando e o desespero é tão grande que ele começa a se bater. Como isso ocorre frequentemente, o rapaz já não fica mais sozinho, para que os familiares possam impedi-lo de se machucar.

O vídeo também é uma forma de arrecadar dinheiro para uma cirurgia que talvez possa controlar a cefaleia em salvas. Ainda não há cura, apenas formas de se prevenir, mas Nathan ainda não descobriu o que gera suas dores.

Atenção! O vídeo pode ser considerado chocante


Campanha

Amigos criaram uma página para o rapaz em um site de financiamento coletivo. Se ele fizer o procedimento pelo sistema público de saúde, terá que esperar ao menos seis meses, mas já não suporta tanto tempo. “Essa é uma condição que muda completamente a sua vida e precisa ser abordada e levada á sério. Por favor, ajudem Nathan a mudar sua via. Esta não é a vida para um jovem que tem tudo ainda para viver.”

LEIA MAIS:  Jovem com doença de Lyme divulga vídeo chocante sobre seus sintomas

Dos £40,000 necessários para a cirurgia de controle das dores de cabeça, 72% já foi arrecadado. A campanha fez com que outros pacientes revelassem a doença a Nathan. “Sofri com essa horrível condição por oito anos! Não adianta o quanto você tenta, a ‘fera’ sempre vence. A primeira vez que tive, pensei que estava morrendo, depois eu desejava morrer para conseguir me livras disso”, escreveu uma internauta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.