Tamanho do texto

Caracterizada pelo esgotamento mental e exaustão, a doença pode comprometer atividades cotidianas e até relacionamentos

A notícia do  fim do namoro de Anitta e Pedro Scooby agitou a imprensa e as redes sociais no final de semana. E um dos motivos para o término seria porque a cantora estaria com estafa,  um estado de esgotamento físico e mental que atinge pessoas em todo o mundo, famosas ou não. 

anitta e scooby arrow-options
Reprodução/Instagram/@anitta
Estafa pode ter afetado vida pessoal e trabalho da cantora Anitta

Ainda não houve uma confirmação oficial sobre o diagnóstico da cantora, mas a estafa merece atenção e pode causar danos à rotina, como prejudicar relacioamentos, além de ocasionar outras doenças graves como a depressão.

O que é estafa? Quais os sintomas?

A estafa  é caracterizada pelo esgotamento físico ou mental. Com evolução silenciosa, a patologia surge após longos períodos de sobrecarga física ou emocional.

Também é conhecida como fadiga, estresse ou cansaço crônico , a estafa pode facilmente confundida com um longo período de cansaço e, por isso, exige atenção aos sintomas crônicos, como:

  • apatia,
  • insônia,
  • irritabilidade,
  • falhas de memória,
  • tristeza e angústia 

Tais simtomas, além de comprometer seriamente a produtividade e as tarefas cotidianas do paciente, trazem a sensação de “falta de vitalidade”. É comum, por exemplo, pessoas com a doença percam o interesse por atividades que sempre gostaram de fazer, como atividades esportivas ou de lazer.  

Como saber se estou com estafa ou se é só cansaço?

De acordo com a psicóloga Danielle Amaral, do grupo Rebrotar Psicologias, a principal diferença entre estafa e a exaustão temporária é a duração desses sintomas.

“O primeiro sintoma visível da estafa é a alteração do sono. Normalmente o indivíduo apresenta muita dificuldade para dormir e, quando consegue, não acorda facilmente. E esse sono não é reparador. Após muitos dias ou semanas dessa dinâmica, é impossível não comprometer a produtividade e o rendimento profissional e pessoal desses pacientes”, explica.

E agora, o que fazer se estiver com estafa?

Para a profissional, caso perceba sintomas da doença, é fundamental procurar um psicólogo que possa, através da terapia, auxiliar no processo de reabilitação de acordo com cada caso específico.

Além disso, algumas atitudes valem para todos e são importantes para tratar ou evitar a estafa : uma organização da rotina que evite sobrecargas, prática de exercícios físicos que respeitem os limites do corpo, além de uma alimentação equilibrada e saudável estão entre as prioridades.  

“Também é fundamental evitar a comparação com outras pessoas e lembrar que cada um tem seu ritmo de rendimento cotidiano. Às vezes deixamos de buscar ajuda por pensar que, se um colega consegue lidar com aquele horário exaustivo, nós também conseguimos. Cada corpo tem um limite que deve ser conhecido e respeitado”, reforça Danielle.

    Leia tudo sobre: anitta