Tamanho do texto

Jade Youngman não come nenhuma fruta ou verdura há cerca de 20 anos

Aos 25 anos, a britânica Jade Youngman está há pelo menos duas décadas sem comer nenhuma fruta ou verdura. A justificativa está numa espécie de " fobia de alimentos " que faz com que ela sinta uma extrema aversão a alguns tipos de comida, entre eles os mais saudáveis.

verduras na feira arrow-options
shutterstock
Fobia de alimentos faz com que mulher rejeito completamente os vegetais

Leia mais: Entenda como a má alimentação pode interferir no seu sono

Ao portal DailyMail, Jade conta que, hoje, sua dieta consiste basicamente em pizza, nuggets de frango, macarrão e batata frita. Ela ainda se diz preocupada com os prejuízos que o transtorno pode trazer para a sua saúde e cita o exemplo do adolescente que chegou a perder a visão após comer apenas batata frita por anos. 

No caso do adolescente , a perda da visão foi causada pela deficiência de nutrientes essenciais ao corpo, como vitamina B12, vitamina D, cobre e selênio. 

Jade sofre de uma doença chamada Transtorno Alimentar Restritivo Evitativo (ARFID, da sigla em inglês). Caracterizada pela rejeição intensa a determinados alimentos devido a sua cor, textura ou odor.

“Se alguém coloca um prato de salada ou frutas diante de mim, o que eu sinto é equivalente a alguém que encontra cocô de cachorro na mesa”, explica ela. “Eu já tentei forçar, mas sempre acabo vomitando”, recorda.

Leia mais: Ansiedade engloba distúrbios como fobia e síndrome do pânico

Os médicos responsáveis pelo acompanhamento psicológico de Jade ainda não conseguiram apontar um motivo que possa ter engatilhado o trauma na britânica e, de acordo com ela, sua mãe também não se lembra de nada que possa ter vivido na infância. 

A mulher destaca a dificuldade de aceitação sobre a fobia de alimentos , um problema raramente visto como doença. “Como eu não sou obesa e nem magra demais, as pessoas se recusam a entender que eu tenho um transtorno alimentar”, diz.