Tamanho do texto

Muita gente acredita que viver perto das antenas de celular pode prejudicar a saúde e até causar câncer; mas, afinal, o que pode acontecer? iG explica

A instalação de antenas de celular é um assunto que ainda gera debates, apesar da discussão não ser novidade. Por um lado, há quem não se importe com isso. Por outro, há pessoas que acreditam que viver próximo à radiação desses instrumentos pode causar sérios problemas à saúde, inclusive câncer. Mas, afinal, isso pode realmente acontecer?

Leia também: 10 hábitos para você colocar em prática e evitar os principais tipos de câncer

antenas de celular arrow-options
shutterstock
Muita gente acredita que viver perto de antenas de celular pode causar prejuízos à saúde; mas, afinal, isso é verdade?

Para esclarecer o assunto e falar sobre as antenas , a reportagem do iG Saúde conversou com especialistas na área. Conforme explica Luís Eduardo Zucca, oncologista clínico do Hospital de Amor, o primeiro ponto, antes de tudo, é entender que há dois tipos de radiações eletromagnéticas: a ionizante e a não ionizante. 

A não ionizante é a radiofrequência, que possui radiação com baixa energia, como televisão, micro-ondas, transmissão de rádio e celulares . A ionizante, por sua vez, é proveniente, por exemplo, da radiação ultravioleta e dos raios X, que destrói as células de DNA e, como consequência, pode causar câncer.  

Leia também: Você tem Nomofobia? Faça o teste e saiba se você consegue viver sem celular

De acordo com José Roberto Soares, engenheiro elétrico e consultor do Mackenzie Soluções, a radiação eletromagnética emitida pelas antenas de celulares é do tipo de onda não ionizante. Com isso, ela não pode causar nenhum tipo de tumor nas pessoas que vivem próximas aos locais de instalação.

“O único efeito que nós sabemos é que, a radiação eletromagnética não ionizante, como a radiofrequência emitida por celulares, causa aumento na temperatura onde essas radiações têm contato. É daí que vem a radiação e o aumento do calor nos micro-ondas. Portanto, o celular aumenta a temperatura no local onde é usado”, afirma o oncologista. 

Leia também: Saiba porque o uso do celular antes de dormir pode atrapalhar seu sono

Antonio Carlos Gianoto, professor do departamento de Engenharia Elétrica da FEI, reforça que não há nenhum estudo científico que comprove que as antenas das torres possam fazer mal à saúde humana. “Existem recomendações com relação ao local de instalação, altura da torre e posicionamento das antenas baseadas em normas brasileiras e internacionais”, diz.