Uma pesquisa recente indica avanços na luta contra o câncer. De acordo com cientistas da Universidade de Temple, na Filadélfia, o tempero cúrcuma é capaz de fazer parar o crescimento de tumores.

cúrcuma
shutterstock
A cúrcuma é um tipo de açafrão e pode trazer benefícios para a saúde

A pesquisa, abordada no portal The Sun , sugeriu que a cúrcuma possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias , responsáveis por interromper o câncer de mama, pulmão e estômago.

Leia mais: 11 sintomas do HIV que toda mulher deve ficar de olho

O estudo, que revisou cerca de 5.000 artigos acadêmicos sobre o uso desse tempero no tratamento do câncer desde 1924, afirma que ele também é eficaz no tratamento do câncer de sangue, pâncreas, intestino, medula óssea e próstata. A descoberta afirma que ele apresenta uma disposição anti-cancerígena e pode ser usado sozinho ou combinado com outros medicamentos.

Para a revista Nutrients , os cientistas declararam que a cúrcuma chamou a atenção em todo o mundo por conta das suas atividades biológicas (antioxidante, anti-inflamatória, antimicrobiana, antiviral) entre as quais seu potencial contra o câncer tem sido o mais descrito e permanece sendo investigado.

Funciona assim: a cúrcuma impede que os nutrientes sejam entregues aos tumores e impede que as células cancerígenas emitam proteínas nocivas. No entanto, nem tudo são flores. Muitas pesquisas anteriores destacaram que a cúrcuma pode causar uma série de efeitos adversos - dores de cabeça, vômitos e diarréia estão na lista.

Leia mais: Conhece a fibrose cística? Saiba o que é e como é feito o diagnóstico da doença

Outro ponto de discussão é que o corpo humano não absorve bem a curcumina , com alguns estudos mostrando concentrações muito baixas ou quase indetectáveis na corrente sanguínea, ainda que o paciente esteja fazendo uso dela.

Segundo a Cancer Research UK, há "alguma evidência" de que a curcumina pode matar células cancerígenas, mas nenhuma "evidência clara" de que pode prevenir ou tratar completamente o câncer. Por isso, é necessária mais pesquisa.

Estudos apontam a cúrcuma como potencial combatente do câncer
Reprodução/Shutterstock
Estudos apontam a cúrcuma como potencial combatente do câncer


Conforme esses estudos, a cúrcuma é cultivada em muitos países asiáticos e as pesquisas mostram índices mais baixos de câncer nos locais onde as pessoas comem mais alimentos em que ela está presente.

Leia mais: Homem fica com pênis necrosado após mordida e só procura ajuda cinco dias depois

A Cancer Research UK deixa claro que a cúrcuma é muito segura quando usada na cozinha, mas não se sabe o quão segura ela se apresenta sendo usada por razões médicas. "Você pode prejudicar sua saúde se interromper o tratamento contra o câncer por um tratamento não comprovado", alertam.



    Veja Também

      Mostrar mais