O jogador de rugby Dan Colbridge, de 33 anos, precisou passar o Natal numa cama de hospital depois que uma ferida infectada por fezes de cachorro há 12 anos “reapareceu” misteriosamente em sua perna. O machucado, que causou dores muito fortes, chegou a impedir que o jogador caminhasse 

Leia mais: Novo parasita letal é descoberto no Brasil

De acordo com o portal DailyMail, ele ficou internado no hospital por nove dias após uma enorme quantidade de bolhas doloridas surgirem no membro inferior. “Ele já teve a infecção  antes, mas como foi há muitos anos atrás, não achamos que voltaria”, explicou Amy Colbridge, esposa do jogador.

Ainda segundo Amy, da primeira vez que o problema apareceu, Dan foi diagnosticado com celulite causado por toxocaríase, uma rara infecção por parasitas que penetraram sua corrente sanguínea e pode se espalhar através do contato com fezes de animais. Na época, foram receitados antibióticos que “resolveram” o problema. 

Leia mais: "Um parasita estava comendo meu olho", diz garota que usava lentes de contato

“Isso acontece porque alguns tutores de animais são irresponsáveis e preguiçosos. Eles levam seus cachorros para passear e deixam que eles fiquem soltos sem se preocupar com a sujeira que fazem”, disse Amy, que pede mais empatia por parte das pessoas que passeiam com seus animais. 

O casal, que tem dois filhos, lamentou principalmente o fato de que as duas crianças, de 4 e 7 anos, precisaram passar a data comemorativa no hospital visitando o pai. Apesar disso, Dan recebeu doses de antibióticos de já passa bem. 


    Veja Também

      Mostrar mais