Em entrevista à emissora estatal chinesa CCTV, médicos do hospital infantil Wuhan, apontaram a possibilidade de transmissão do novo coronavírus entre mãe e filho após a constatação de que uma criança, nascida no dia 2 de fevereiro, estaria infectada apenas 30 horas após o nascimento. 

Leia mais: Brasil decreta estado de emergência por coronavírus

feto
Reprodução/Weibo
Criança foi diagnosticada com coronavírus 30 horas após nascimento

Apesar de os testes terem apontado um resultado positivo para a doença , o recém-nascido está em condições estáveis de saúde. De acordo com os médicos, a criança não apresentou febre ou tosse, mas foi observada falta de ar entre os sintomas .

Apesar do caso mais recente, no dia 13 de janeiro o mesmo hospital notificou o nascimento de um bebê que, sob as mesmas condições, nasceu saudável. A babá da criança foi confirmada com a doença e, alguns dias depois, a mãe. A hipótese é de que o vírus esteve encubado durante a gestação

Leia mais: Coronavírus: 80% das pessoas não apresentam sintomas; veja como se prevenir

Coronavírus no mundo

Os casos confirmados da doença incluem 33 no Japão, 25 na Tailândia, 24 em Singapura, 18 em Hong Kong, 18 na Coreia do Sul, 13 na Austrália, 12 na Alemanha, 11 nos Estados Unidos e 11 em Taiwan.

Malásia, Macau e Vietnã têm 10 casos confirmados cada, enquanto a França confirmou seis, os Emirados Árabes, cinco e a Índia, três casos.

Canadá, Itália, Reino Unido, Rússia e Filipinas têm dois casos cada confirmados. Nepal, Camboja, Sri Lanka, Finlândia, Suécia, Espanha e Bélgica têm um caso confirmado por país.

Até o momento, uma pessoa nas Filipinas e uma em Hong Kong morreram em decorrência do coronavírus .


    Veja Também

      Mostrar mais