Pesquisadores da UFBA, Universidade Federal da Bahia, descobriram um teste mais rápido para identificar o coronavírus e as 48 horas de espera foram reduzidas em apenas 3 com o uso de um equipamento chamado Real-Time.

Leia também: 28 casos suspeitos de coronavírus foram descartados no Brasil

Coronavirus arrow-options
shutterstock
Teste deixa diagnóstico mais rápido


“Estamos felizes com o resultado, torna tudo mais rápido”, comemorou o virologista Gúbio Soares, coordenador do grupo de pesquisa. O equipamento custa 150 mil reais e foi importado dos Estados Unidos. Ele é capaz de verificar se o material genético, RNA, da secreção respiratória contém o gene do coronavírus .

Até agora não teve nenhum caso no Brasil, mas o virologista contou que substâncias formadas por materiais que compõe o código genético foram preparados para reconhecer regiões genéticas do vírus. Se o resultado ter positivo, é possível visualizar pelo equipamento uma aparência ondulada nas amostrar e os pesquisadores acompanham todo o processo em tempo real.

Leia também: Coronavírus: risco de chegada ao Brasil é 'baixo', diz Ministério da Saúde

As amostras são colocadas dentro dos equipamentos em microtubos de 200 microlitros e a previsão é de que consiga analisar, mensalmente, mais de 90 amostras. “Evitamos colocar muitos tubos porque é material biológico, para que as amostras não sejam contaminadas umas com as outras”, explicou.

    Veja Também

      Mostrar mais