Quem já enfrentou episódios de tosse persistente, sobretudo durante a noite, sabe o quanto isso pode incomodar trazer problemas para a vida prática. No momento de desespero, então, não faltam ‘ receitinhas de avó’ para resolver o problema. Mas elas realmente funcionam? 

tosse arrow-options
shutterstock
Escolhas caseiras podem atuar contra tosse persistente

De acordo com a enfermeira e especialista em ciências pneumológicas Gilmara Klein, antes de procurar no armário algum remédio ou aquele pote de mel que estava esquecido, a primeira coisa a ser observada durante a tosse é de que ela sempre representa um mecanismo de defesa para expulsar secreções em excesso e corpos estranhos das vias aéreas.

Leia mais: Antibióticos não funcionam contra a tosse, diz estudo

“O tratamento da tosse depende de sua causa e de suas características. Também é importante destacar que a tosse que se perpetua, permanecendo por muitos dias, requer atendimento médico para o diagnóstico adequado e direcionamento correto”, explica a profissional de saúde.

Ainda assim, existem cuidados básicos que podem diminuir a quantidade de impurezas no ambiente ou alimentos e chás que fazem o mecanismo de defesa  funcionar melhor - olha aí o pote de mel para te salvar! Gilmara explica cada um e como eles atuam. 

mel arrow-options
shutterstock
Mel de abelha puro está entre os alimentos que podem aliviar a tosse


O que funciona 

  • Lambedores 

Medicamentos caseiros que combinam algumas ervas e mel ou melaço, os lambedores são muito comuns na região nordeste. De acordo com a profissional, o remédio funciona por “auxiliar na remoção das secreções brônquicas, reduzindo também a tosse”, explica. 

  • Mel 

O mel de abelha puro é outro aliado na hora de aliviar a tosse persistente. “O mel é benéfico nas tosses secas, uma vez que protege as mucosas da garganta e reduz a irritação”, diz Gilmara.

  • Chás 

De acordo com a enfermeira, existe eficácia no consumo dos chás, mas provavelmente ela contraria o que muitas pessoas acreditam. “O benefício do chá, na verdade, está na hidratação que ele promove na boca e garganta”, explica. Aliado a isso, a ação anti-inflamatória de alguns componentes, como gengibre e guaco, podem tratar a raiz do problema. 

leite arrow-options
shutterstock
Leite quente pode trazer alívio apenas devido a hidratação


O que não funciona

  • Leite morno 

Outra alternativa muito comum para aliviar a tosse é a ingestão de leita morno. Gilmara explica que, assim como os chás, o leite funciona por proporcionar a hidratação aliada ao alívio da temperatura, o que também pode ser feito com a ingestão de água. 

  • Compressas mornas 

Gilmara explica que, apesar de ser uma “receita” muito tradicional, o uso de panos quentes ou embebidos em álcool não possui nenhuma comprovação de que funcione no alívio da tosse. 

água arrow-options
Getty Images
Hidratação é a dica mais importante contra a tosse


Mais dicas simples contra a tosse 

A profissional ainda compartilha algumas dicas eficazes e alterações no ambiente que, apesar de muito simples, podem fazer toda a diferença. 

  • Hidratação

Ingerir água em temperatura ambiente quando no surgimento da tosse. “A água mantem a boca e a garganta hidratadas, levando a redução da intensidade da tosse”, explica. Se a tosse vem acompanhada de intensa dificuldade para respirar, porém, é necessário muito cuidado, pois há o risco de broncoaspiração (migração da água para o pulmão).

Leia mais: 'Tosse de fumante' pode esconder doença grave, explicam médicos

  • Manter adequada higienização das vias aéreas

Pode ser com água, ou mesmo com solução fisiológica. Esse cuidado diminui o acúmulo de crostas em narina, melhorando a respiração e a tosse.

  • Inalação

Caso não tenha em casa o aparelho para inalação, é possível utilizar o vapor quente, seja com água fervente ou mesmo durante o banho.  A inalação é uma maneira de proporcionar que o líquido chegue aos pulmões melhorando a tosse, uma vez que umidifica o muco e facilita sua eliminação.

  • Manter o ambiente domiciliar sempre ventilado

Esse detalhe melhora a umidade e ajuda na respiração e a tosse. Para isso, é possível manter baldes de água, panos úmidos, assim como o uso de ventiladores. Se a pessoa tem ventilador ou ar condicionado em casa, estes podem ser mantidos ligados deixando o balde com água e os panos úmidos próximos dos mesmos.

  • Manter ambiente domiciliar sempre limpo

Uma das causas da tosse são os processos alérgicos do seguimento respiratório, principalmente a asma, que é desencadeada por fungos, mofo ou poeira, por exemplo. Por isso, é importante sempre abrir as janelas para que o ambiente seja ventilado, fazer limpeza da casa com panos úmidos, conhecer o que promove irritação alérgica e remover do ambiente residencial ou mesmo profissional.


    Leia tudo sobre: receitas

    Veja Também

      Mostrar mais