poluiçao
shutterstock
Poluição do ar pode favorecer coronavírus

O novo coronavírus (Sars-Cov-2) foi encontrado em partículas de poluição por cientistas que investigam a forma como o vírus pode cruzar distâncias e se mover pelo ar. O estudo, porém, ainda é preliminar e não possui respostas conclusivas sobre a possibilidade de o vírus - em quantidades aplicadas - pode infectar seres humanos.

Leia mais: Nova aposta: hospital nos EUA testa eficácia de antiácido contra Covid-19

A técnica, utilizada por cientistas italianos, consiste na coleta de amostras de poluição de ar externo em um ambiente urbano e industrial da província de Bérgamo para identificar genes semelhantes aos que podem se relacionar ao Covid-19 .

O pesquisador Leornardo Setti, da Universidade de Bolonha, na Itália, coordenou o projeto e afirmou ao portal The Guardian que "o mais importante é saber a forma como o vírus se movimenta para tentar encontrar uma solução. Se nós não sabemos, só podemos sofrer as consequências", afirmou.

Alé disso, outros dois grupos de pesquisas fizeram sugstões sobre a relação entre partículas de poluição e o contágio da doença. Nenhuma das publicações até agora, porém, apresenta resultados conclusivos.

    Veja Também

      Mostrar mais