A Coreia do Sul autorizou, nesta quarta-feira (03), o uso do antiviral remdesivir para tratar pacientes contaminados pela Covid-19, causada pelo novo coronavírus (Sars-coV-2).

Leia também: Pesquisadora alerta que Covid-19 é apenas "ponta do iceberg"

Covid-19
Pixabay/Pexels
Remdesivir é um dos medicamentos apontados para tratar pacientes com Covid-19

De acordo com uma pesquisa do governo sul-coreano, o remdesivir é "clinicamente significativo" para reduzir o tempo de recuperação dos pacientes com Covid-19 , informou o ministério da Segurança Alimentar e Médica. 

Leia também: Pandemia de Covid-19 está desacelerando em São Paulo, diz secretário

O governo importará o medicamento, mas não informou preço nem as quantidades. Os Estados Unidos autorizou o uso do remdesivir em maio, assim como o Japão. A Europa ainda examina a possibilidade.

Leia também: Índia tem a taxa de mortalidade por Covid-19 mais baixa do mundo, diz governo

A Coreia do Sul foi um dos primeiros países, após a China, afetados pela Covid-19 , mas controlou a pandemia com medidas rígidas de isolamento. O país tem 11.590 casos confirmados e 273 mortos. 

    Veja Também

      Mostrar mais