A mortes pela Covid-19 , doença causada pelo novo coronavíus (Sars-coV-2), voltaram a crescer em bairros de alta renda de São Paulo, embora os de renda baixa continuem a representar a maior parte das vítimas da doença. 

shopping cidade são paulo avenida paulista, próximo ao bairro Bela Vista
Rovena Rosa/Agência Brasil
shopping cidade são paulo avenida paulista, próximo ao bairro Bela Vista

Dos 96 distritos paulistanos, 49 concentraram mais de 31% das mortes por Covid-19 nas semanas mais recentes: 12 no grupo de renda alta, 18 no de renda intermediária, 19 no de renda baixa. Entre os dez que encabeçam a lista há bairros pobres, como Campo Limpo (48%) ou Jardim Helena (41%); bairros de classe média, como Vila Guilherme (45%) e São Domingos (42%); ou bairros ricos, como Bela Vista (40%) ou Moema (39%). 

Em meio a este cenário, a situação ainda pode piorar. Um inquérito conduzido pela Prefeitura de São Paulo para reduzir  subnotificação da Covid-19 trouxe resultados assustadores sobre o avanço da doença. Até o momento, os resultados preliminares apontam que a cidade pode ter um total dez vezes maior de casos do que os registrados até o momento, ultrapassando a barreira de 1 milhão. As informações são dos colunistas Helio Gurovitz e Mônica Bergamo.

    Veja Também

      Mostrar mais