A bióloga e microbiologista Natália Pasternak criticou, em entrevista ao programa Roda Viva nesta segunda-feira (29), a falta de educação formal relacionada à ciência no Brasil. De acordo com ela, o pouco investimento na área - além do modelo empregado nas escolas e universidades - é um dos agravantes do impacto da Covid-19 no país.

"O erro está em a gente não ter investido em educação e ciência nas últimas três décadas", destacou a cientista, referindo-se à falta de adesão às medidas de distanciamento social no país. Ainda de acordo com Pasternak, "a população não está preparada para compreender como a ciência funciona".

"A gente nunca preparou as pessoas para entender que a ciência é um processo", afirmou a profissional, destacando que estudos e descobertas a respeito da pandemia demandam tempo e processos lentos, muitas vezes desprezados pela população. "Nós explicamos que a terra é redonda, mas nunca ensinamos na escola sobre o processo que existiu até essa descoberta", exemplificou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários