Teste rápido para a Covid-19
Foto: Bruno Concha/Fotos Públicas
Teste rápido para a Covid-19

Reclamações relacionadas aos testes de detecção da Covid-19 mais do que dobraram na última semana, de acordo com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Foram 564 registros entre os dias 29 de junho e 5 de julho, contra 226, de 22 a 28 de junho.

O aumento das reclamações coincide com a inclusão do teste sorológico para Covid-19 na cobertura obrigatória dos planos de saúde pela agência, após decisão judicial.

ANS recorreu à justiça sobre decisão que obriga planos a cobrir testes

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) chegou a recorrer da decisão publicada na última segunda-feira, dia 29, no Diário Oficial da União.

Segundo a agência, a incorporação de uma tecnologia “sem a devida análise criteriosa” pode causar risco para os beneficiários de planos de saúde. 

"Estudos e análises de diversas sociedades médicas e de medicina diagnóstica apontam controvérsias técnicas em relação aos resultados desse tipo de exame e à possibilidade de ocorrência de alto percentual de resultados falso-negativos", argumentou a ANS.

O exame sorológico foi incluído na lista de coberturas obrigatórias dos planos de saúde em 29 de junho. Já os exames RT-PCR , considerados padrão ouro, são cobertos pelos planos de saúde desde março.

    Veja Também

      Mostrar mais