Carina Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde
Redes Sociais /Reprodução
Carina Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde

A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne, disse hoje (14) que os países da América Latina devem se preparar e elaborar planos estratégicos para a chegada de uma  eventual vacina ou medicamento eficaz no combate à pandemoa de Covid-19.

"Devemos planejar a chegada de novas ferramentas que possam transformar a resposta à covid-19, como medicamentos eficazes e vacinas", disse a diretora durante coletiva de imprensa virtual.

Segundo Ettiene, é provável que ainda tenhamos que aguardar alguns meses até a chegada de uma vacina, mas é fundamental que os governos estejam preparados para garantir a entrega rápida e segura do imunizador.

Enquanto isso, diz a diretora, os governos devem seguir as recomendações de saúde pública já conhecidas para retardar a propagação do vírus, como o distanciamento social, evitar aglomerações, utilizar máscaras quando sair de casa, lavar as mãos, etc.

Ainda de acordo com a representante da Opas, os países da América devem trabalhar em conjunto com a organização para conseguir melhores preços e evitar desabastecimento quando a vacina estiver disponível.

"Nenhum país deveria fazer isso sozinho, especialmente quando nós aumentamos nossas chances de sucesso e reduzimos a competição se trabalharmos juntos", completou Etienne.

    Veja Também

      Mostrar mais