novo coronavírus
NIAID
Estudos exploram os efeitos da Covid-19 no tecido do coração


Duas pesquisas publicadas pelo periódico científico Jama Cardiology começam a desvendar quais os  efeitos colaterais da Covid-19 no coração. Os estudos, divulgado hoje (27), reforçam a necessidade de acompanhamento cardiovascular aos pacientes.


O primeiro estudo foi realizado em 39 vítimas fatais do novo coronavírus . Em suas autópsias, foi contatado que o vírus estava presente no miocárdio de 60% dos mortos.

A segunda pesquisa foi feita com pacientes que se recuperaram em até 71 dias. Ressonância magnética registrou que, dos 100 participantes, 78% tiveram inflamações semanas depois de não estarem mais com a doença.

Segundo o presidente do Instituto do Coração, Roberto Kalil, o segundo estudo é importante para compreender os efeitos a longo prazo do novo coronavírus no organismo. Ao G1, ele alertou que o vírus é capaz de causar insuficiência cardíaca , já que pode enfraquecer o músculo cardíaco.

Ele afirmou que arritmias, tromboembolismo e infarto agudo também podem acontecer no paciente da Covid-19, mesmo após a recuperação.

"As complicações cardiovasculares precisam ser vistas com atenção. O vírus pode afetar qualquer estrutura do coração causando inflamação e trombose nos vasos e tecidos”, afirmou Kalil ao portal.

    Veja Também

      Mostrar mais